terça-feira, 27 de dezembro de 2011

|| PROMOÇÃO: Resultado do sorteio "Julieta Imortal"


Olá a todos que participaram do sorteio do livro Julieta Imortal, tive um pequeno problema na minha internet, mas já resolvelmos e sorteamos livro + bolsa.

O (a) ganhador (a) foi:

Deise Ramos da Silva - deisemat@xxxxxx.com

Parabéns, querida. Responda essa postagem e envie seu endereço para nosso email.
Estarei saindo de férias, mas assim que possível enviarei seus presentes.

Fiquem ligados que nova promoção vem aí.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

|| FILME: "A Coisa" - The Thing (2011)

Assisti recentemente um filme que me causou nostaugia assim que li a sinopse, pois me fez lembrar de minha infância em que assisti filmes ao lado do meu pai (ele também gostava de assistir Show de Calouros, apresentado por Silvio Santos - e eu sempre estava ao seu lado), pois assisti um filme como esse, protagonizado por Kurt Russel, que achei o máximo.

Não nego que gosto muito de filmes de terror e suspense (gosto esse passado a mim por minha mãe) e esse filme foi legal de assistir. Efeitos razoáveis, suspense em suspenção, sustos bacanas.

Para completar achei uma matéria legal sobre o filme que conta desde o conto original até o filme lançado atualmente. Crédito para o blog Capacitor Fantástico.

Confira abaixo a postagem "The Thing e suas várias versões"



O livro 

"O lugar fedia. Um mau cheiro pungente, que só as cabanas enterradas no gelo do acampamento na Antártida poderiam ter, composto por suor humano e óleo de gordura de foca derretida. A aplicação de linimento combatia o cheiro de mofo das roupas de neve suadas; o odor acre de gordura queimada vinha da cozinha, e o cheiro animal, não-desagradável, dos cães, diluído pelo tempo, pairava no ar. Odores remanescentes de óleo de máquina contrastavam fortemente com o cheiro dos trajes de couro. 

No entanto, de alguma forma, além de todos os odores de seres humanos e seus associados - cães, máquinas e cozinha - outra mácula sobressaia a todas estas. Um odor diferente dos cheiros da indústria e da vida. E era um cheiro de vida. Mas vinha da Coisa que estava amarrada com corda e lona, em cima da mesa, pingando lentamente, metodicamente sobre as pranchas pesadas, úmida e macilenta, sob o brilho direto da luz elétrica."

Assim começa 'Who Goes There?', o conto de ficção científica do escritor John W. Campbell, Jr. originalmente publicado sob o pseudônimo de Don A. Stuart, em agosto de 1938, na revista Astounding Stories. Em 1973 o conto foi escolhido pela Science Fiction Writers of America, como sendo um dos melhores contos de ficção científica já escrito, e foi novamente publicado no livro The Science Fiction Hall of Fame, Volume 2.


Sinopse do livro: Um grupo de pesquisadores científicos, isolados na Antártida, descobrem uma nave alienígena enterrada no gelo. Eles tentam descongelar o interior da nave espacial com uma carga de termite, mas acidentalmente acabam destruindo-a quando o casco de magnésio da nave é inflamado pela carga. No entanto, eles recuperam o piloto alienígena, que os pesquisadores acreditam que estava em busca de calor quando congelou. O descongelamento revive o ser, que pode assumir a forma, memórias e a personalidade de qualquer ser vivo que devora.

Os pesquisadores tentam então descobrir o alienígena entre eles, simplesmente referido como a Coisa, antes que possa escapar e dominar o mundo. Em última análise, eles percebem que mesmo pequenos pedaços do alienígena se comportam como organismos independentes, e utilizam essa fraqueza para testar quais os homens foram "convertidos", tomando amostras de sangue de todos na base e mergulhando um fio quente dentro do frasco de sangue. O sangue de cada homem é testado, um de cada vez, e o doador é imediatamente morto, quando o sangue se manifesta.

A Coisa original tinha (sem o conhecimento dos pesquisadores) assumido o controle de um homem chamado Blair, que por conta de um colapso nervoso, havia sido isolado em uma pequena cabana. Com os outros monstros dentro da base destruídos, os humanos sobreviventes entram na cabana para encontrar e matar a criatura original.

Leia o livro - Who Goes There? - John W. Campbell, Jr. [ Download ]




The Thing from Another World 

"O Monstro do Ártico" é um filme de 1951 e que foi adaptado por Charles Lederer, a partir do livro de Campbell. No filme, um cientísta conta a história de uma tripulação da Força Aérea e pesquisadores em um remoto posto avançado no Ártico, que lutam contra um alienígena malévolo, basicamente uma planta-vampiro.

Estrelado por Kenneth Tobey, Margaret Sheridan, Robert Cornthwaite e Douglas Spencer, foi dirigido por Howard Hawks e Christian Nyby, e lançado pela RKO Radio Pictures Inc.

O filme de Nyby é memorável por muitas razões, incluindo as cenas assustadoras em que os pesquisadores e a tripulação militar tentam retirar um OVNI que caiu sob o gelo, usando bombas termite. Presumivelmente devido a restrições de orçamento e os risíveis efeitos especiais da época, o ser alienígena (interpretado por James Arness), é um cruzamento de vampiro com um super vegetal humanoíde, utilizando-se do sangue das vítimas para irrigar sua prole, que cresce no jardim interno da base. A criatura é capaz de regenerar seus membros e é extremamente forte e voraz.

Na seqüência mais aterrorizante do filme, a criatura ataca os sobreviventes e depois de encharcado com gasolina, foge em chamas no deserto gelado. Mas retorna para um final, que lembra um pouco a morte da Bruxa Malvada do Oeste, em "O Mágico de Oz" (1939).



O lançamento coincidiu com a Guerra da Coréia e o auge do sentimento anti-comunista provocado pelo macarthismo e pelas ambições territoriais da Rússia de Stalin. A idéia de norte-americanos sendo perseguidos por uma força "destituída de moralidade" se encaixava bem para a época. O filme também reflete um ceticismo pós-Hiroshima sobre a ciência e os cientistas.

No final, são os bravos soldados americanos e o cientista sensato, que vencem o monstro.


The Thing 

Com o título em português de "O Enigma de Outro Mundo", o filme "The Thing" de 1982, dirigido por John Carpenter (roteiro de Bill Lancaster) com Kurt Russel no papel principal, é uma adaptação fiel do conto "Who Goes There?" de John W. Campbell Jr.

A história gira em torno de um alienígena que muda de forma e que se infiltra em uma estação de pesquisa científica na Antártica e mata a primeira equipe de pesquisa norueguesa. Uma equipe de pesquisadores americana nas proximidades é mandada para investigar o incidente e por sua vez é atacada pelo alienígena.



 A despeito dos memoráveis e nauseantes efeitos especiais de Rob Bottin ("The Howling") e o primoroso trabalho de maquiagem, a performance dos atores é pobre, e o filme não teve na época, uma boa bilheteria. Muitos fatores podem ser atribuídos, que incluem o lançamento de "ET, o Extra-Terrestre", uma visão mais otimista do contato alienígena. No entanto, com o passar dos anos, "O Enigma de Outro Mundo" tornou-se um 'cult', sendo várias vezes relançado no mercado de DVD e também na forma de um game em 2002.




The Thing

O filme "A Coisa" de 2011, do holandês Matthijs van Heijningen Jr., diretor de comerciais para televisão e videoclips (este é seu primeiro longa), conta no elenco com Mary Elizabeth Winstead ("Scott Pilgrim vs the World"), Joel Edgerton ("Warrior") e roteiro de Eric Heisserer ("Final Destination 5").

O filme carece das credenciais de seus antecessores e a história se passa meses antes dos acontecimentos vistos no filme de Carpenter, servindo de um prelúdio.





Sinopse:

Em um acampamento de pesquisa da Antártida, a descoberta acidental de uma nave alienígena, leva a um confronto entre a estudante de paleontologia Kate Lloyd e o cientista Dr. Sander Halvorson, do grupo original de pesquisadores noruegueses. Enquanto o Dr. Halvorson decide manter o foco de sua pesquisa, Kate e seus parceiros decidem investigar a forma de vida alienígena.

A criatura, acidentalmente despertada de sua prisão de gelo, tem a capacidade de se transformar em uma réplica perfeita de qualquer ser vivo. A paranóia se espalha como uma epidemia entre o grupo de pesquisadores e Kate se junta ao piloto de helicóptero da tripulação, Carter (Joel Edgerton), para tentar matá-la, enquanto a criatura aos poucos coloca humanos contra humanos, eliminando um por um.



quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

|| RESENHA: Depois da Escuridão - Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe


Depois da Escuridão

Título:  Depois da Escuridão
Autores: Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe

Editora: Record
Págs.: 464 

SINOPSE:
A doce e angelical Grace Brookstein é a socialite mais querida dos Estados Unidos e leva uma vida de princesa. Até o dia em que seu marido, o bilionário Lenny Brookstein, dono do fundo de hedge Quorum, sai para velejar e nunca mais retorna. Enquanto lida com a trágica morte do marido, um novo escândalo abala a vida de Grace: bilhões de dólares desaparecem do fundo Quorum, provocando a falência de milhares de famílias. Grace torna-se a principal suspeita e da noite para o dia sua vida se transforma. Determinada a provar sua inocência, Grace embarca numa jornada que revelará que ninguém a sua volta é digno de confiança.

-------------------------------------------

Já faz algum tempo que não leio nenhum livro do Sidney Sheldon, e também não lia nada no estilo dele há meses. Até começar a ler esse livro, que me surpreendeu positivamente.

A autora que "foi escolhida" para continuar o legado dele (não sei como alguém pode engolir isso) foi bem sucedida na trama e nos personagens. Lembrou-me muito o ótimo "Se Houver Amanhã" do Sheldon e sua protagonista Tracy Witney. O livro tem os ingredientes do grande autor supracitado. Muitos personagens fortes, que causam raiva e emoções controversas nos leitores, assassinatos, suspeitos, perseguições, escapadas e final envolvente e de tirar o fôlego.

Assim como Tracy, Grace Brookstein vai para a prisão e sofre horrores. Sai da prisão e vai em busca de vingança. Em alguns momentos nos deparamos com uma heroina a ponto de tornar-se uma assassina. Vemos a transformação de uma mulher ingênua em uma sagaz e em alguns momentos de sangue frio. Para mim "Se Houver Amanhã" é superior a esse livro, mas "Depois da Escuridão" tem suas qualidades. Muitos suspeitos e um caminho tortuoso para a heroína percorrer para tornar-se livre.

O livro me prendeu e pareceu ter sido escrito pelo mesmo autor de "Nada dura Para Sempre" e "Quem tem medo do Escuro?"

Recomendo aos fã do saudoso Sidney "intriga" Sheldon.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

|| SÉRIE: Fringe, em sua 4ª temporada, entra em hiatus.


Entrou em hiatus (férias) uma das melhores séries da atualidade (na minha opinião), Fringe.

Em sua 4ª temporada, Fringe está cada vez mais fazendo meus neurônios entrar em curto circuito. A trama traz mundos paralelos, transmorfos, tecnologia nunca antes vista, organizações secretas, etc. Enquanto Peter tenta ser reconhecido por aqueles que não mais lembram dele, Olivia sente que há algo de errado com ela e que de alguma forma suas emoções foram-lhe tiradas.

Creio que Fringe ainda vai deixar muita gente com a pulga atrás da orelha e de cabelo em pé com sua trama nada convencional.

A série só retorna dia 13 de janeiro de 2012 e já cria grande expectativa nos fãs.